Translate

terça-feira, 5 de março de 2013

CONFRONTANDO A TEOLOGIA DA PROSPERIDADE


Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, e segue-me. Mateus 19:21

CONFRONTANDO A TEOLOGIA DA PROSPERIDADE

A famigerada e miserável “teologia” da prosperidade é uma das que mais deturpam a verdadeira exegese dos textos bíblicos.
Antes de continuarmos gostaria de citar aqui alguns dos versículos mais usados pelos proponentes desta heresia:
“E será que, se ouvires a voz do SENHOR teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu hoje te ordeno, o SENHOR teu Deus te exaltará sobre todas as nações da terra. E todas estas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, quando ouvires a voz do SENHOR teu Deus; Bendito serás na cidade, e bendito serás no campo. Bendito o fruto do teu ventre, e o fruto da tua terra, e o fruto dos teus animais; e as crias das tuas vacas e das tuas ovelhas. Bendito o teu cesto e a tua amassadeira. Bendito serás ao entrares, e bendito serás ao saíres.” Dt.28.1-6

A maioria de suas bases teológicas para o ensino desta heresia se sustentam no antigo testamento. Que na verdade fazem referencias aos judeus e sua trajetória ante a fidelidade e promessa de Deus a estes e não aos cristãos. E muitas de suas profecias são sombras da obra realizada por Cristo em respeito a nossa eterna salvação.
“E outra caiu em boa terra, e deu fruto: um a cem, outro a sessenta e outro a trinta.”
Mateus 13:8
Alguns usam absurdamente a passagem da parábola do semeador para dar crédito à ideia que terra fértil é semear na vida de pastores abençoados, “e quanto mais vocês semearem na vida deles mais vocês receberão de Deus.” Esta foi mais uma importação dos Estados Unidos.
Funciona assim: Você deve procurar a pessoa, pastor, pregador mais “abençoado” (rico) de sua cidade ou região e ofertar na vida dele. Nos EUA enquanto pregadores estão pregando as pessoas correm até ele e colocam dinheiro no bolso do seu paletó, é dinheiro caindo no chão, é dinheiro no bolso da camisa e por aí vai...


Conheço pessoas que procuram pastores em nossa cidade e ofertam na vida dele com o intuito claro de serem abençoados. Por que Jesus não falou nada sobre isso? Por que os apóstolos muitas vezes não tinham ouro e nem prata? Acho que eles não tinham muita fé (segundo pregam os defensores desta teologia) Para muitos, sinônimos de ministério bem sucedido por Deus é aquele que tem uma igreja lotada, possui em sua garagem: McLarem F1, Hennessey Venom GT, Ferrari, Camaro, BMW 760LI,  uma bela mansão, uma grande fazenda, um bom salário.
Segundo esta perspectiva, meu ministério é um fracasso: Possuo um corsa Wind 99 que paguei 55 parcelas, moro em cima da casa de meus pais em uma residência com a obra sendo feita lentamente e a anos, pois não tenho verbas para fazer rapidamente a construção. Pastoreio uma igreja com aproximadamente 150 pessoas em sua maioria assalariados, não tenho nenhum empresário, apenas 2 ou 3 pequenos comerciantes.
Acho que não tenho muita fé, não sei determinar, não sei fazer confissão positiva. Sou um homem com pouca fé como Paulo que em Romanos 1.9-10 não soube determinar sua ida a Roma, pois ele não tinha fé suficiente para tal feito e mais uma vez  o apostolo não consegue chegar a Roma mesmo após esta carta “Pedindo sempre em minhas orações que nalgum tempo, pela vontade de Deus, se me ofereça boa ocasião de ir ter convosco. Porque desejo ver-vos, para vos comunicar algum dom espiritual, a fim de que sejais confortados;” 

Interessante que quando Jesus procurar trabalhar o verdadeiro motivo da fé deste moço rico, Ele provoca-o a vender tudo o que tem e dar aos pobres, por que Jesus não disse a ele para ajudar ao seu ministério, ou procurar alguém mais “abençoado” e dar a esta pessoa toda a sua riqueza?
Fico pasmo com tanta cretinice por parte destes pseudos pastores e pregadores. Alguns que eu conheço tem em sua garagem mais de 5 carros que são doados por “suas” ovelhas com o intuito de serem “mais” abençoados. Outro ganhou um jato por ser ele uma “terra fértil”.
O que acho interessante é que Jesus e seus apóstolos nunca fizeram tais coisas. Eles nunca disseram que pobreza era sinal de maldição e que precisariam fazer campanhas doando o que não tem para Deus prosperar sua fazenda, mas eles pediram a quem tinha para dar a quem não tinha, “Porque pareceu bem à macedônia e à Acaia fazerem uma coleta para os pobres dentre os santos que estão em Jerusalém.” Rm.15.26.
Eles nunca anunciaram aos pobres prosperidades para resolverem os seus problemas de falta de dinheiro do contrário eles sempre apregoaram o evangelho.
“Os cegos vêem, e os coxos andam; os leprosos são limpos, e os surdos ouvem; os mortos são ressuscitados, e aos pobres é anunciado o evangelho.”
Mateus 11:5
Jesus nunca disse que a pobreza era uma mal que seria contido mas que enquanto existisse este presente mundo o pobre também existiria:
“Porque os pobres sempre os tendes convosco, mas a mim nem sempre me tendes.”
João 12:8
Salomão declarou; “O rico e o pobre se encontram; a todos o SENHOR os fez. “
Provérbios 22:2
Hoje fazem apelos para virem a Cristo que sua vida mudará, seus sonhos serão realizados e muitas outras do “mundo da fantasia”.
Que o Senhor desperte as pessoas a virem a Cristo pelos motivos certos.
Venha a Cristo por causa de Cristo! Se Ele fizer na tua vida Ele é, se Ele não fizer Ele continua sendo em sua vida. Pois você veio a Ele por causa dele e não por causa dos seus favores.
Jesus não pode ser algo em sua vida, Ele deve ser a sua vida!!
“Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade. Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece” Filipenses 4:11-13

Deus te abençoe

Pr. Neemias Fagundes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Meus blogs prediletos

Loading...