Translate

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Vivendo com Sabedoria

"Ensina-nos Senhor a contar os nossos dias de tal maneira que alcancemos corações sábios." Salmo 90.12

Tema: Vivendo com Sabedoria

             Quantas vezes desperdiçamos nossas vidas, com desculpas esfarrapadas, vivendo uma vida superficial, cheia de mentiras, preocupado apenas em cumprir metas, normas de um sistema que já se demonstra fraco sem vida e doentio.

              Queixamos-nos da vida, das pessoas, do casamento, dos filhos, do trabalho. Dilaceramos amizades, relacionamentos familiares, casamentos tudo por uma postura idiota de um conservadorismo ou preconceitos egoístas baseado numa crendice familiar engessada por tradições pré-históricas. Tais como:
1- Filho tem que ser tratado como cabra marcho, não pode existir esta infantilidade em dizer: filho eu te amo tem que saber pegar na peixeira e furar o buxo se for preciso.
2- Filho não pode crescer com esse sentimento meloso de dizer ao pai, “pai eu te amo” vai ficar mole desse jeito, fraco, despreparado para a vida que é cruel lá fora e coisas desse tipo.
3- Maridos que não expressam sentimento de amor pela esposa ou vice-versa.
E muitas outras práticas que na verdade são malefícios ao futuro de uma família forte e abençoada.
Vive uma vida de lamentações em tudo.
           Vive pagando contas atrasadas e depois vai orar a Deus para que o funcionário da empresa de luz não apareça para corta sua luz, bloquear seu cartão, cheque não volte, vive fugindo de ligação e ainda culpa a Deus pela vida que tem.

             Vive mal, tem ansiedade, preocupações, gastrite, depressão, pânico, e etc. “De que se queixa o homem, do seus próprios pecados” Lm.3.29
Reclamamos a dor mas persistimos em manter os dentes.
             O ser humano! Pague suas contas em dia, organize sua vida, põe a tua casa em ordem tal como Deus disse a Ezequias (2 Rs.20.1), pois não sabes quando vem o dia mal, pois não sabes quando descerás a sepultura e a tua família fica a míngua, na pindaíba.    

            Gastamos nossas vidas e energia com o que é supérfluo e não damos importâncias a pequenas coisas tais como: Um sorriso, um abraço, um elogio e etc. Pois somos treinado a acreditar que o mundo é dos mais espertos, só os fortes prevalecem.
             Tudo que fazemos é para nós, somos egoístas em extremo. Não desejamos outra coisa a não ser olhar para o nosso umbigo.
             Deus faz ainda hoje esta pergunta “Mas Deus lhe disse: Louco! esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? Lc.12.20
             Para quem você vive digladiando e destruindo tudo de bom em seu caminho? É para Deus ou para si mesmo? Acorda enquanto é tempo.
              Não desperdice sua vida, pois esta é a sua porção. “Goza a vida com a mulher que amas, todos os dias da tua vida vã, os quais Deus te deu debaixo do sol, todos os dias da tua vaidade; porque esta é a tua porção nesta vida, e no teu trabalho, que tu fizeste debaixo do sol. Ec.9.9    

                Cuide de sua saúde, viva cada segundo, minuto, hora, dia, mês, ano como se fosse o último. Diga que você ama a quem você ama. Não existe momento especial para isso todo o dia é especial.
                A felicidade está também nas pequenas coisas, vai passear com sua família, renove todo ano sua lua de mel, beije seus filhos, pais, avós todos os dias. Faça declaração de amor pelo seu cônjuge diariamente.
                 Regue o amor todos os dias para que ele não murche.     
                 Peça a Deus para te ensinar a viver com sabedoria, contando ou refletindo em todos os dias de tua vida. Antes que venha os maus dias Eclesiates 12.1 “Lembra-te também do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais venhas a dizer: Não tenho neles contentamento; 
                 Na velhice só há enfado e cansaço. Porém não existe nada mais gratificante do que chegar a uma boa velhice, bem vivida. Tendo os seus filhos e netos a roda de sua mesa, amando e respeitando ao patriarca ou matriarca que sempre demonstrou sabedoria no seu viver.

                Aprenda a ser grato a Deus por tudo, você poderia não ter nascido e se nasceu é porque Deus incluiu você nos planos dele neste mundo.
                Então não queime seu filme com Ele. Glorifique em qualquer circunstância. Ele tem prazer no servo fiel que adora ainda que a figueira não floresça. Ele admira aqueles que são fiéis como Jó em pleno século 21.
               Seja sensato como Paulo:
Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho.
Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade.
Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece.
Filipenses 4:11-13
                Só podemos mesmo tudo isso nEle (Jesus) que nos fortalece.


Mensagem ministrada ontem 16/09/2012 na AD. Rio do Limão.

Deus te abençoe.


Pr. Neemias Fagundes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Meus blogs prediletos

Loading...