Translate

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Que geração é essa?


Quando olho para a geração de crente deste século e comparo com os cristãos do primeiro século, me sinto envergonhado em fazer parte de uma geração tão fraca e tão débil de crentes. 
Uma geração que não suporta um coliseu, uma cruz, uma fogueira, uma cova. Uma geração que bate no peito dizendo: "somos a geração do avivamento", mas vivem como mortos em pecados. Uma geração que não aceita disciplina, uma geração que não enfrentaria um desaforo sem arregaçar a manga e parti para o braço. Uma geração que não anda segundo a palavra, mas segundo seus corações. Uma geração que fala de santidade, mas não passa nem perto disso. Uma geração de desobedientes, insolentes, maldizentes, frios, carnais, mais amantes dos prazeres do que amantes de Deus.

Uma geração que segundo Paulo escreveu 2Tm.3.5 "Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te." se diz crente, mas negam a eficácia da fé.
Uma geração que não suportam um puxão de orelha, uma disciplina, um afastamento de funções, privações, desempregos, doenças, calúnias e etc. Uma geração que não suporta que fale do tamanho da saia, do decote das irmãs, das fotos que se postam nos sites de relacionamentos, nas picuinhas dentro das igrejas, pois isso as afastaria da fé.
Que Deus tem misericórdia de nós, pois nunca na história da igreja, pisou neste solo uma geração tão fraca de crente como essa!
Para os que interpretam errado a epístola aos Hebreus 12.1 quando se refere a grande nuvens de testemunhas, deixo aqui um esclarecimento. O texto não se refere as testemunhas que nos assistem no mundo de hoje, mas as grandes nuvens de testemunhas que suportaram a hostilidade do seu tempo sem negar a fé. Elas nos dizem que podemos suportar também em Cristo desde de que deixemos tudo que nos embaraça (a infantilidade da fé) com este mundo e ou sistema.
"Portanto, também nós, considerando que estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas, desembaracemo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que nos está proposta," Hb.12.1
Deus em Cristo nos desperte!

Pr.Neemias Fagundes

Veja este vídeo se tiver coragem: https://www.youtube.com/watch?v=mHisWcgJdd0

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Viva com Sabedoria.

"Vaidade de vaidades, diz o pregador, vaidade de vaidades! Tudo é vaidade.

Que proveito tem o homem, de todo o seu trabalho, que faz debaixo do sol?

Uma geração vai, e outra geração vem; mas a terra para sempre permanece.

Nasce o sol, e o sol se põe, e apressa-se e volta ao seu lugar de onde nasceu.

O vento vai para o sul, e faz o seu giro para o norte; continuamente vai girando o vento, e volta fazendo os seus circuitos.

Todos os rios vão para o mar, e contudo o mar não se enche; ao lugar para onde os rios vão, para ali tornam eles a correr.

Todas as coisas são trabalhosas; o homem não o pode exprimir; os olhos não se fartam de ver, nem os ouvidos se enchem de ouvir.

O que foi, isso é o que há de ser; e o que se fez, isso se fará; de modo que nada há de novo debaixo do sol.

Há alguma coisa de que se possa dizer: Vê, isto é novo? Já foi nos séculos passados, que foram antes de nós.

Já não há lembrança das coisas que precederam, e das coisas que hão de ser também delas não haverá lembrança, entre os que hão de vir depois." Eclesiastes 1:2-11



Viva a vida com sabedoria, não desperdice-a com ódio e mentiras, pois um dia nossa geração vai passar e todos se esquecerão de quem fomos. A vida vai continuar independente que estejamos lá ou não. O sol vai continuar nascendo e se pondo mesmo que você não esteja mais lá como expectador. A chuva continuará caindo, as plantas continuarão a nascer, as estrelas continuarão brilhando para a próxima geração, a lua continuará inspirando serenata para os próximos casais.

O que devemos fazer? Não desperdiçar nossa geração com guerras, vaidades, mentiras, futilidades e mais futilidades. Pois a vida é como um vapor, logo se vai.


"Digo-vos que não sabeis o que acontecerá amanhã. Porque, que é a vossa vida? É um vapor que aparece por um pouco, e depois se desvanece." Tiago 4:14

A vida é tão breve que o salmista à compara como um conto de pequenos livros.

"Pois todos os nossos dias vão passando na tua indignação; passamos os nossos anos como um conto que se conta." Salmos 90:9

Ame as pessoas, elogie, reconheça, admire, incentive, fique feliz, viva a família, ame a esposa, beije seus filhos, diga a sua mãe ou seu pai que os ama.

Quando alguém prega melhor glorifique a Deus, cantou melhor agradeça a Deus, foi promovido(a) honre a Deus.


Que ao encerrar a carreira da vida você possa ter o sentimento que Paulo teve de dever cumprido.



"Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé." 2 Timóteo 4:7

Deus em Cristo te abençoe"

Pr. Neemias Fagundes

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

O Bode Expiatório.

Quem já não se sentiu ser usado como um bode expiatório?

O que é Bode expiatório:

(Bode expiatório é uma expressão usada para definir uma pessoa sobre a qual recaem as culpas alheias. Bode expiatório é uma expressão popular que define o indivíduo que não consegue provar sua inocência, mesmo sem ser o responsável direto pela acusação. A expressão "bode expiatório" é usada quando alguém leva sozinho a culpa de um infortúnio.)


De onde surgiu esta expressão?

Da bíblia: O bode expiatório é um animal que era apartado do rebanho e deixado só na natureza selvagem como parte das cerimônias hebraicas do Yom Kippur, o Dia da Expiação, na época do Templo de Jerusalém. Este rito é descrito na Bíblia no livro do Levítico. 16.22

Se temos queixas na vida na verdade ela é fruto de nossos pecados. Lm.3.39

As vezes erramos a vida toda e quando nos deparamos com situações mal resolvidas apelamos para o bode expiatório (ou seja tentar achar alguém que fique como culpado de nosso problema mal resolvido que se arrasta a anos.)
Quem nunca se sentiu assim?

Na vida o bode expiatório pode ser mal compreendido porém não mal intencionando.

Sendo assim na vida sou responsável pelo que faço e falo e não pelo que os outros entendem ou querem.

Na vida criamos muitos bodes expiatórios. É mais fácil culparmos aos outros pelos nossos erros do que admitirmos nossas culpas. É mais fácil culparmos o prefeito, governador, presidente, polícia, pastor, líder do que admitir a sequencia de erros que cometemos ao longo dos anos e que nos arrastou até ali.
É mais fácil culpar o prefeito hoje do que reconhecer que tudo na verdade foi fruto de um efeito dominó. É mais fácil culparmos quem discorda de nossas opiniões do que avaliarmos nossas atitudes.

É mais fácil o bode levar minha culpa do que eu mesmo ter que assumi-la e carregá-la.



Pr. Neemias fagundes

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Qual é o teu Isaque?

Não deixe que as coisas de Deus te afaste de Deus. Não deixe que teu ministério seja mais importante do que Deus.

Quando Ele pediu a Abraão o Isaque, Ele foi bem específico: "Teu único filho" "Isaque" (que significa riso) "a quem tu amas"

Na verdade Deus estava ensinando a ele que a benção jamais será maior que o abençoador.

Pr. Neemias Fagundes

Meus blogs prediletos

Loading...