Translate

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

O que houve com a igreja?

"E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita." 2 Pedro 2:3



O que houve com a igreja?

Púlpito virou balcão, evangelho mercadoria e igreja consumidores.


As vezes púlpito se torna palco, igreja platéia, pregadores ídolos e cantores artistas.


Líderes parecem empresários. Só querem o melhor das ovelhas e a tratam com hostilidades. Todo o luxo que possuem são fruto de dízimos e ofertas de fiéis. Eles deveriam ser o primeiro a entender o que significa igualdade. 
Deus não ousaria pedir metade do seu salário para ajudar os que precisam pois isto os desviaria da fé.

Tratam ovelhas e liderados como seus empregados, gritam com elas como se tivessem dado seu sangue.

Homens sem vocação na vida secular que não tem onde cair morto e tudo que fazem e fazer da igreja negócio.


Cargo ministerial tornou-se privilegio humano e não vocação divina! (Depende de quanto você "puxa saco") Não se procura mais Davi atrás da malhada. Se depender desta cúpula pastoral, a igreja vai deixa de ser igreja e Jesus vai deixar de ser Jesus da igreja. 


Não ha adoração a Cristo e sim ao homem. Suas reuniões são grosseiras "rasgação de sedas", políticos são vistos como a pessoa mais importante nas reuniões. São tratados com muita finesa e os pastores e liderados com hostilidades.
A igreja conta com os políticos, mas não precisa deles. 

Deus sempre conduziu a sua igreja de forma imponente, magnifica e ela nunca precisou se dobrar a nenhum sistema para chegar onde chegou. Ela sempre se mostrou como Ananias, Misael e Azarias. Daniel 3. Firme e prevalecente.


Suas reuniões são feita de números $, o propósito é aumentar a sua gorda conta com suas inumeráveis convocações.

Toda a aparência de piedade é aplaudida, toda a caridade é noticiada. 

Não há mais glória a Deus!

Homens vazios de Deus e cheios de si mesmos é o que estamos presenciando, e o mais terrível de tudo é ver que há uma grande soma de pastores que como cúmplices revelam sua covardia e medo e com isso silenciam afim de manter seus privilégios.
Outros comprometidos com pecados não podem se quer "atirar" a primeira pedra e assumem o seu fracasso ministerial.


Se não houver homens que não tenha sua vida por preciosa em nossos dias a igreja sucumbira em uma instituição organizacional e nada mais.


Homens como João Batista, Elias, Natan, Aimás, Jeremias e Jonathan edwards, Leonard Ravenhill muitos outros.

Heróis que o mundo não era digno de tê-los. Como leio este texto com vergonha ao olhar para alguns que se dizem defensores do evangelho de hoje: 

"(Dos quais o mundo não era digno), errantes pelos desertos, e montes, e pelas covas e cavernas da terra." Hebreus 11:38

Não estou generalizando, sei que ha remanescentes que não se dobraram diante deste sistema, mas a pergunta é esta se você não fizer quem fará? Se você não for quem irá? 
Esperamos que alguém vá, mas até quando não vamos entender que nós somos este alguém?

Não sei o que será de minha reputação depois deste texto, mas se minha imagem falar mais alto do que a verdade de que adianta dizer que sou representante de Cristo se apenas pareço comigo?

Deixo as palavras de Paulo: 

"Mas de nada faço questão, nem tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira, e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus." Atos 20:24


Deus te desperte e a mim cada dia

Pr. Neemias Fagundes

Meus blogs prediletos

Loading...